Plantão
CADERNO AGRO

FPA e ministro das Comunicações discutiram internet no campo

Publicado dia 24/06/2020 às 21h24min | Atualizado dia 24/06/2020 às 21h33min
De acordo com o presidente da bancada, a produtividade no campo pode aumentar consideravelmente com o uso de novas tecnologias

O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Alceu Moreira (MDB-RS) esteve na segunda-feira, 22, com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, para tratar de conectividade no campo, novas tecnologias, mais produtividade, sustentabilidade e acesso para a população rural. Segundo Moreira, a demanda é grande e o ministro vai priorizar o assunto.

 

De acordo com o presidente da bancada, a produtividade no campo pode aumentar consideravelmente com o uso de novas tecnologias. “O agro no Brasil já é muito produtivo, com a disponibilidade de conectividade e tecnológica haverá aumento da produção.”

De acordo com o presidente da bancada, a produtividade no campo pode aumentar consideravelmente com o uso de novas tecnologias. “O agro no Brasil já é muito produtivo, com a disponibilidade de conectividade e tecnológica haverá aumento da produção.”

Na pauta apresentada ao ministro, constaram quatro projetos de lei que tratam da conectividade no campo, prioritários para a FPA. São três projetos em tramitação no Senado Federal e um na Câmara dos Deputados.

Na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado (CCT), o projeto de lei 6549/2019, de autoria do deputado Vitor Lippi (PSDB-SP) e relatoria do senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO) aguarda análise. A proposta torna iguais a zero os valores da Taxa de Fiscalização de Instalação, da Taxa de Fiscalização de Funcionamento, da Contribuição para o Fomento da Radiodifusão Pública e da Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional (Condecine) das estações de telecomunicações que integrem sistemas de comunicação máquina a máquina. O projeto também isenta de licença prévia de funcionamento as estações de telecomunicações que integrem sistemas de comunicação máquina a máquina.

 

Também aguardando análise na CCT e relatoria do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), o projeto de lei 349/2018 retira tributos e taxas sobre serviços de comunicações entre máquinas e propõe reduzir as taxas e contribuições sobre as estações terminais de pequeno porte para recepção via satélite – as VSAT.

Essas medidas pretendem estimular o desenvolvimento da infraestrutura e a massificação do acesso à internet em áreas desatendidas. Moreira diz que esses dispositivos não podem ficar sujeitos à mesma burocracia administrativa e ao mesmo fardo tributário que incide sobre as demais estações dos serviços de telecomunicações.

Já na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE), o projeto de lei 172/20 aguarda relatório da senadora Daniela Ribeiro (PP-PB). O PL dispõe sobre a finalidade, a destinação dos recursos, a administração e os objetivos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust). A proposta também prevê a administração do Fust por um conselho gestor.

De autoria do deputado João Maia (PL-RN), o projeto de lei 4566/19, apensado ao PL 8518/17, aguarda relator na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) da Câmara dos Deputados. A proposta pretende estabelecer um caminho rápido, para agilizar os processos de licenciamento das antenas de telecomunicações.

 

De acordo com o autor, a expansão da infraestrutura e os investimentos necessários encontram obstáculos pela excessiva burocracia e morosidade no processo de licenciamento desse tipo de recurso, criando insegurança jurídica para novos investimentos. Para ampliar a cobertura e manter a qualidade do Serviço Móvel Pessoal, há necessidade de uma contínua e rápida expansão de infraestrutura, isto demanda a instalação de novas antenas, segundo ele.

Além das propostas que aguardam análise nas Comissões, também foi discutido sobre a ampliação do valor do crédito para o financiamento dos projetos de conectividade no campo na linha Inovagro. “A ideia é ter financiamento para incorporar inovações tecnológicas nas propriedades rurais para o aumento da produtividade e melhoria da gestão”, destacou Moreira.

 
 
 
 
Fonte: CANAL RURAL

Fale Conosco

Centro Andradina/SP
(18) 9975-27686 | (18) 9975-27686 | (18) 9975-27686
contato@docafeaohappyhour.com.br